InterReformados

FARPIL E MURPI EXIGEM O DIREITO A REFORMAS E PENSÕES DIGNAS!

farpil_murpi_pc_londresOs reformados e pensionistas estiveram concentrados em frente ao Ministério da Solidariedade e Segurança Social em Lisboa e também na Segurança Social de Beja, Évora, Porto e Setúbal. A política desde Ministério e do Governo continua a agravar a situação económica da população mais frágil ao mesmo tempo que ajuda a engordar os poderosos grupos financeiros com avultadas subvenções do Estado. Perante tamanha injustiça social, com o não aumento das reformas e pensões ou aumentos que em nada se notam devido ao aumento da inflação, os reformados e pensionistas não se calarão nem baixarão os braços enquanto não conseguirem travar a acção deste Governo que provoca uma situação social trágica que hipoteca o futuro do país. Exigem, também, que se tomem medidas urgentes para combater esta calamidade social com a reposição dos rendimentos retirados pelas medidas orçamentais, com a actualização dos valores das pensões, com a abolição das taxas moderadoras, com a reposição de 50% de desconto nos passes sociais e com a urgente revogação da lei do arrendamento urbano e da legislação complementar. Os reformados e pensionistas prometem lutar até ser reposta a justiça social a quem têm direito, estando desde já presentes na manifestação da CGTP-IN para o próximo dia 16, em todas as capitais de distrito, sendo em Lisboa a concentração no Príncipe Real.

REFORMADOS MOBILIZAM PARA MANIFESTAÇÃO DE 16 FEVEREIRO!

ir_promove_manif_16_peticao_dfseA Inter-Reformados Lisboa está a realizar, desde ontem e até ao dia 15 de fevereiro, diversas iniciativas de mobilização para a manifestação convocada pela CGTP-IN para o dia 16 de fevereiro. Acções de contacto, com as populações do distrito de Lisboa, que visam informar tanto os reformados e pensionistas como a restante população da importância de dar uma resposta de luta e não resignação a esta política de direita praticada pelo Governo PSD/CDS e memorando das troikas. Política esta que está a destruir a economia, o emprego e a promover a precariedade, o desemprego e os baixos salários, generalizando a pobreza a exclusão social e a fome.

A Inter-Reformados reafirma a sua rejeição do Orçamento de Estado para 2013 uma vez que o mesmo viola direitos fundamentais consagrados na Constituição da República Portuguesa apelando a que todos que lutem por um outro Governo e  uma outra política que defenda o Estado Social, a Segurança Social Pública e Universal e o Serviço Nacional de Saúde. Além da mobilização para a manifestação de 16 de fevereiro, estas iniciativas são também de crucial importância na dinamização, e recolha de assinaturas, da Petição da CGTP-IN em Defesa das Funções Sociais do Estado.

Ler documento a distribuir nestas acções, assina a petição em Defesa das Funções Sociais do Estado.

INTER-REFORMADOS DA CGTP-IN REALIZA A SUA 7ª CONFERÊNCIA

7_conf_nac_irHoje realizou-se a 7ª Conferência da Inter-Reformados da CGTP-IN, sob o lema “UMA VIDA DE TRABALHO EXIGE REFORMAS E DIREITOS SOCIAIS”, que teve lugar na Associação de Comerciantes de Lisboa. Esta conferência realiza-se num contexto social e económico particularmente difícil, onde a maioria dos reformados estão confrontados com a degradação das condições de vida, em consequência das políticas de austeridade acordadas entre o Governo e a Troika; o aumento do custo de vida; o congelamento e a redução das reformas e pensões.

Os delegados à 7ª conferência da Inter-Reformados da CGTP–IN, elegeram a sua nova Direcção Nacional para o próximo quadriénio 2013/2017, que é constituída por 32 membros que garantem continuar a luta: pelo aumento do valor de todas as pensões de reforma; pela restituição dos subsídios de férias e de Natal; exigem: a abolição do imposto extraordinário; e a defesa das funções sociais do estado e a reposição da concessão do desconto de 50% para os idosos em todo o tipo de transportes colectivos. A 7ª conferência da IR confirma a vitalidade convicção e disponibilidade para a luta em unidade.

Ver fotografias da 7ª Conferência

REFORMADOS DENUNCIAM NATAL DAS DESIGUALDADES E DAS INJUSTIÇAS!

capa_tp_ir_natalRealizou-se ontem na baixa de Lisboa uma tribuna de protesto, com o objectivo de denunciar o Natal de desigualdades e injustiças provocado pela política de direita praticada pelo Governo PSD/CDS e a troika, política que pretendem manter com as medidas inscritas no OE para 2013 que serão gravíssimas para os reformados que ao longo da sua vida contribuíram com o seu trabalho e os seus impostos para o desenvolvimento do nosso país.

A Inter-Reformados CGTP-IN e a FARPIL promoveram esta acção reivindicativa que contou com as intervenções de Virgílio Guerreiro, coordenador da Inter-Reformados Lisboa, Fátima Canavezes, coordenadora nacional da Inter-Reformados CGTP-IN, Isabel Quintas e Luísa Vitorino intervieram em nome da FARPIL.

Esta tribuna pública de protesto foi também de exigência, pelo fim do roubo nas reformas, contra a retirada dos descontos de 50 % nos transportes colectivos aos reformados com mais de 65 anos e contra o aumento das taxas moderadoras na saúde e a diminuição da comparticipação nos medicamentos. Exigências que se fizeram ouvir através de um coro que entoou estas reivindicações.

A solidariedade da União dos Sindicatos de Lisboa para com os reformados, ficou marcada no encerramento desta iniciativa com a intervenção de Libério Domingues, coordenador da USL / CGTP-IN.

Ver fotografias da tribuna

REFORMADOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DIZEM NÃO AO ROUBO DO GOVERNO PSD/CSD E DA TROIKA

capa_ir_tpContra o Natal das desigualdades e das injustiças sociais a Inter-Reformados CGTP-IN e a FARPIL estarão na rua no próximo dia 20 de dezembro. Porque não aceitam o roubo nas suas reformas nem que lhes retirem a dignidade, irão realizar uma Tribuna Pública, entre as 14h30 e as 17 horas, no cruzamento da Rua Augusta com a Rua da Vitória. Contra as medidas inscritas no OE para 2013, aprovadas por Passos Coelho e Portas. Medidas que serão gravíssimas para os reformados que ao longo de toda a vida contribuíram com o seu trabalho e os seus impostos para o desenvolvimento do nosso país e lutando também para a conquista de direitos fundamentais como a Segurança Social, Saúde e Educação para todos.

 Ler tarjeta de apelo à participação nesta tribuna

6º ENCONTRO DA INTER-REFORMADOS LISBOA

capa_ir_encontro_2012A Inter-Reformados Lisboa é a organização específica dos trabalhadores reformados, pensionistas e aposentados desta região. Realiza hoje, nas instalações dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa, nas Olaias, o seu 6º Encontro Regional que conta com a participação de 83 delegados que representam os vários sindicatos do distrito de Lisboa. Neste encontro o apoio e solidariedade da União dos Sindicatos de Lisboa ficou patente com a intervenção de encerramento, que será realizada pelo seu coordenador Libério Domingues, bem como pela participação activa na sua realização de restantes dirigentes e funcionários da USL.

Uma grande parte destes trabalhadores adquiriu, ao longo da vida, uma larga e rica experiência forjada na acção e na luta pela democracia, pela liberdade sindical, por melhores condições de vida e de trabalho e por transformações politicas económicas e sociais que conduzissem a mais e melhor justiça social. Estes trabalhadores, ao deixarem de ser trabalhadores activos, devem passar a integrar Departamentos/Comissões de Reformados nos seus sindicatos, os Órgãos da Inter-Reformados e, assim, prosseguirem a luta pelos objectivos gerais da CGTP-IN e, particularmente, pelos que respeitam aos Reformados. A nível Distrital a Inter-Reformados tem a sua organização com órgãos próprios que desenvolvem a sua actividade com apoio da USL e dos sindicatos que representam.

Ver fotografias do encontro

Ler mais...

TRIBUNA PÚBLICA DA INTER-REFORMADOS EM DEFESA DO TRANSPORTE PÚBLICO - DIA 14 DE MARÇO

capa_ir_luta_marcoA Inter-Reformados Lisboa/CGTP-IN e a FARPIL vão realizar no dia 14 de Março, pelas 14h30 no Rossio em Lisboa uma Tribuna Pública em Defesa do Transporte Público.
Os Reformados, pensionistas e idosos foram fortemente afectados pelas medidas implementadas pelo governo no que concerne aos transportes públicos, entre as quais destacamos: a alteração dos horários, o fim de algumas carreiras e o encurtamento no percurso de outras; o aumento das tarifas dos transportes públicos, que em alguns casos chegou aos 21,3%; o roubo no desconto de 50% para 25% nos passes e títulos de transporte.
Em tom de ironia, poderíamos pensar que estas medidas promovidas pelo Governo PSD/CDS e a Troika visam “pôr os reformados a andar” para promover o tão propagado “ano europeu do envelhecimento activo”.
Infelizmente, a vida dos reformados não está para brincadeiras e, em tom realista e preocupado, dizemos que estas medidas agravam as dificuldades económicas desta camada da população, já por si vulnerável, tornando cada vez mais difícil a mobilidade de muitos reformados, muitos dos quais com problemas graves de locomoção, contribuindo ainda mais para o seu isolamento.

Ler tarjeta da Inter-Reformados

MAIS DE 4 MIL REFORMADOS NA RUA CONTRA A POLITICA DE AGRESSÃO DO GOVERNO!

reformados_manif_nacional

A Inter-Reformados/CGTP e o MURPI realizaram no dia 10 de Dezembro uma manifestação Nacional, que contou com a participação de mais de 4 mil reformados e pensionistas.
Desfilaram da Praça do Comercio até à Praça da Figueira, entoando cânticos de natal adaptados à situação social, "E natal, E natal. Não vamos parar. Contra o roubo das pensões . Nós vamos lutar.
Os reformados deram expressão à revolta contra a politica de agressão do Governo PSD/CDS/TROIKA que tem contribuído para o empobrecimento de milhares de reformados com o congelamento e redução das pensões, com a retirada de 50% do Subsidio de natal deste ano a todos os reformados com pensões acima de 600€. O aumento dos preços de produtos essenciais, a retirada de descontos nos transportes coletivos.
Esta Iniciativa contou com intervenções de Fátima Canavezes Coordenadora da IR/CGTP e de Esperança Martins da Comissão de reformados SINTAF, José Inácio Revés do STAL e Casimiro Menezes presidente do MURPI.

Ler mais...

Privacidade

Está em... Home Organizações Inter-Reformados