A União De Lisboa Na Luta Para Defender A Saúde E Os Direitos Dos Trabalhadores

A União dos Sindicatos de Lisboa-CGTP-IN, realizou no dia 25 de Junho, à tarde um desfile que juntou centenas de trabalhadores e activistas sindicais, do Rossio à praça do Município, e contou com a participação da Secretária Geral da CGTP-IN, que alertou para a importância do papel do Estado ....”não é de menos Estado que precisamos, mas de mais e melhor intervenção, de mais investimento, de mais e melhores serviços públicos e de mais trabalhadores com salários e carreiras dignas. Precisamos de um Estado que agarre o desenvolvimento do país”.

Foram muitas as acções de luta desenvolvidas no distrito durante esta Semana, deram voz a milhares de trabalhadores de inúmeros sectores de actividade, empresas e serviços, na sua luta pela defesa da saúde, dos direitos, e do emprego

A região de Lisboa, vive uma situação calamidade social, com impacto significativo com graves repercussões quer no trabalho, quer nos trabalhadores. A epidemia expôs de uma forma clara e violenta, para a qual contribui, o modelo de baixos salários, trabalho precário e o ataque aos direitos.

Alguns números ilustram o drama da situação social de como se vive e trabalha no distrito:

- Perto de 80 mil trabalhadores desempregados, o que corresponde a um aumento de 44% de desemprego no distrito de Lisboa;

- Quase metade (48%) dos inscritos não recebe subsídio de desemprego;

- 27.505 Empresas em Lay-off, corresponde a 24% das empresas que, no país recorreram ao Lay-off;

- Entre Março e Abril, mais de 260 famílias em Lisboa passaram a precisar de recorrer ao rendimento Social de Inserção (o que corresponde a mais de 30% das novas famílias que, no país, estão nesta situação).

Ver mais dados da situação Social no distrito aqui.

Privacidade

Está em... Home Acção Reivindicativa A União De Lisboa Na Luta Para Defender A Saúde E Os Direitos Dos Trabalhadores