A UNIÃO DOS SINDICATOS DE LISBOA

A força da Intersindical e presença no contexto da luta dos trabalhadores, o grau de actividade, a importância que ganhou, exigiam uma adaptação da sua estrutura, de forma a poder coordenar a actividade que por todo o país se ia desenvolvendo.

Em 1974 a Central sindical tentava adaptar-se a essa exigência e criava 3 estruturas intermédias de âmbito regional, entre as quais a União de Sindicatos do Sul. Passado um ano, este tipo de organização revelava-se desadequado, impondo-se a criação de estruturas de âmbito distrital, mais consentâneas com a prática entretanto desenvolvida.

A 2 de Agosto de 1975, no Refeitório dos trabalhadores do Banco Espírito Santo e Comercial de Lisboa, uma Assembleia Geral dos sindicatos filiados na Intersindical aprovava os estatutos da União de Sindicatos de Lisboa, dando-se assim o primeiro passo para a criação da estrutura que viria a ter uma papel decisivo nas pequenas e grandes lutas do distrito e do país.

A 4 de Setembro, a direcção da USL tomava posse. Inicialmente sediada na Vítor Cordon, a estrutura assentou toda a sua acção no ano de 1975 num secretariado que dispunha de 9 elementos efectivos e 4 suplentes, contando apenas com um funcionário.

A estrutura iria crescer, implantar-se, ganhando autonomia e espaço próprio.  

ORGANOGRAMA

organograma

Está em... Home União Quem somos