NÃO AOS DESPEDIMENTOS NO NOVO BANCO - SIM A UMA BANCA AO SERVIÇO DO POVO E DO PAÍS!

SINTAF junto ao Novo BancoO Sindicato dos Trabalhadores da Actividade Financeira (SINTAF) realizou esta manhã, junto à Sede do Novo Banco, uma acção de contacto com os trabalhadores. Acção que visou esclarecer os visados no anunciado despedimento de mais de 1000 trabalhadores, despedimento imposto pela Comissão Europeia e BCE camuflado de reestruturação que implicará o fecho de dezenas de balcões e a venda de activos, bem como dos despedimentos já aqui referidos (mais de 1000 postos de trabalho). Esta é uma imposição que visa reduzir a quota de mercado do banco e prepará-lo para a entrega a um grupo internacional, com destinatário previamente definido, num processo de concentração bancária que não vai ficar por aqui.Tal como já aconteceu com outros bancos, não podem ser os trabalhadores a serem penalizados e muito menos a serem utilizados como um qualquer produto descartável.

 

SINTAF junto ao Novo BancoO Novo Banco não só tem viabilidade, como faz falta à economia nacional e por isso a solução passa por o colocar sob controlo  público do Estado Português, valorizá-lo e não entregá-lo a um qualquer grupo económico estrangeiro. Estão em causa; o apoio à economia nacional; a soberania do país; e os direitos laborais de centenas de trabalhadores.

Aos trabalhadores do Novo Banco, que tudo têm feito para recuperar o banco, criar valor, recuperar a confiança dos depositantes. O SINTAF apela a que neste processo, defendam os seus direitos, repudiem qualquer tipo de pressão ou chantagem e antes de assumirem qualquer compromisso, tenham presente os vossos direitos, nomeadamente o direito ao emprego e o trabalho com direitos. 

Rescisão de mútuo acordo não pode significar despedimento colectivo! Os trabalhadores têm o direito de decidir em consciência, sem pressões ou ameaças!

SINTAF junto ao Novo Banco

 

Está em... Home Acção Reivindicativa NÃO AOS DESPEDIMENTOS NO NOVO BANCO - SIM A UMA BANCA AO SERVIÇO DO POVO E DO PAÍS!