PASSOS COELHO MANIPULA A OPINIÃO PÚBLICA AO AFIRMAR NA RTP1 QUE OS BANQUEIROS TINHAM ENTREGUE A MAIS 2.000 MILHÕES DE EUROS NO FUNDOS DE PENSÕES

Num estudo produzido pelo Dr. Eugénio Rosa, onde este, alerta para os perigos e consequências da transferência de uma parte dos fundos de pensões dos bancários para a Segurança Social. O Primeiro Ministro, em declarações feitas ao telejornal da RTP1 das 20 horas do dia 4 de dezembro, afirmou que 2.000 milhões de euros seriam utilizados para pagar o desvio (aumento) da despesa pública verificado em 2011.
A verdade é muito diferente daquela que o Passos Coelho procurou fazer passar junto da opinião pública.
A transferência de uma parte dos fundos de pensões da banca para a Segurança Social (a parcela correspondente a cerca de 30.000 trabalhadores bancários já reformados) é um negócio altamente vantajoso para a banca, que poderá vir a criar graves problemas tanto aos bancários reformados como a todos os trabalhadores abrangidos pela Segurança Social, e mesmo aos contribuintes, pelas graves consequências financeiras que poderá ter no futuro.

Saiba mais neste estudo!