SOLIDARIEDADE COM A GREVE DOS TRABALHADORES DA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA!

Arranca hoje às 22 horas, com os trabalhadores da Câmara Municipal de Lisboa afectos aos serviços de Higiene Urbana da Cidade, uma greve convocada pelo STML e pelo STAL, que irá prolongar-se até ao dia 27 de Dezembro. Em causa está a proposta do Executivo de António Costa de transferir para as Juntas de Freguesia um conjunto de competências e importantes serviços do Município, processo que, a concretizar-se, implicará a transferência de cerca de 1.800 trabalhadores. Os trabalhadores contestam a forma como este processo se tem desenvolvido e afirmam, nomeadamente, que o que está verdadeiramente em curso é o desmantelamento de importantes serviços municipais e os seus postos de trabalho.

TRABALHADORES DOS ENVC AMANHÃ EM LISBOA!

No quadro da luta que os trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) vêm travando, irão realizar amanhã uma deslocação a Lisboa para confrontar o Primeiro-Ministro com a sua posição e da população de Viana contra a privatização e venda ao desbarato dos estaleiros, em defesa dos postos de trabalho e a indústria naval portuguesa. É fundamental a solidariedade de todos neste momento crucial da luta dos trabalhadores dos ENVC, luta essa que se insere na luta mais geral do povo português contra a política de desastre nacional levada a cabo pelo Governo do PSD/CDS.

Amanhã pelas 15 horas, todos à Praça da Figueira em solidariedade com os trabalhadores dos ENVC!

LISBOA ACORDOU HOJE COM APOIO À GREVE GERAL!

greve_geral_alameda

No dia 24 junho a Alameda D. Afonso Henriques vestiu-se para receber a Greve Geral.  Local emblematico da CGTP-IN nas comemorações do 1º de Maio.

Espaço de festa e de Luta. A dois dias da realização da Greve Geral, cresce o apoio solidário para com os trabalhadores na sua luta maior, contra a exploração e o empobrecimento, reclamando a demissão do Governo.

 

ACÇÃO DE SOLIDARIEDADE COM O DELEGADO SINDICAL DA EMPRESA FRUSTOCK!

solidariedade_delegado_sintab_frustock

Muitos foram os dirigentes e delegados sindicais que hoje se concentraram junto à empresa Frustock numa acção promovida pelo SINTAB e a União dos Sindicatos de Lisboa, em solidariedade com Daniel Ferreira, delegado sindical do SINTAB e o justo representante dos trabalhadores desta empresa que labora na Abrunheira, Sintra.

As razões desta concentração prendem-se com a tentativa de despedimento do delegado sindical após este ter marcado um plenário que visava permitir aos trabalhadores discutirem as suas condições de trabalho, neste caso a falta dela uma vez que a Frustock além deste tentativa de despedimento não cumpre com a justificação e pagamento do crédito de horas do delegado sindical na empresa, como é obrigada por lei. Não paga o subsídio de férias aos trabalhadores antes do gozo das mesmas, não paga o trabalho realizado em dia feriado, nem sábados ou domingos, reduz unilateralmente o pagamento do subsídio de alimentação, não paga o trabalho suplementar, não paga o trabalho nocturno, não disponibiliza um placar sindical e não afixa o mapa de férias dos trabalhadores quando já o devia ter feito há mais de um mês, entre outras ilegalidades.

Na Empresa Frustock os trabalhadores não têm direitos e é essa a razão da tentativa de despedimento de quem os representa, pois tem sido o trabalho desenvolvido pelo delegado sindical que permitiu a estes trabalhadores estarem informados dos seus direitos e quererem exercê-los. Os trabalhadores não irão desistir de continuar a sua luta na defesa dos seus direitos e tal como disse o Daniel Ferreira, "sou o primeiro delegado sindical nesta empresa e certamente não serei o último". Esta acção de solidariedade contou com a presença do coordenador da USL, Libério Domingues, e do Secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos.

 

ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO - SIM À VIABILIZAÇÃO! NÃO AO ENCERRAMENTO!

manifestacao_trabalhadores_ENVCMais de 500 trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), apoiados pela população da cidade, voltaram a manifestar-se hoje em Lisboa. Concentrados inicialmente no Saldanha, de onde seguiram para a sede da Empordef, na Rua Braancamp, deslocaram-se depois à Residência Oficial do Primeiro-Ministro. Os trabalhadores dos ENVC voltam a exigir, mais uma vez, aquilo que há muito reclamam do Governo e da holding das indústrias de defesa públicas, o desbloqueamento imediato da verba para aquisição da matéria-prima indispensável para dar início à construção dos dois navios encomendados pela Venezuela, medidas para garantir a viabilização e manutenção futura dos Estaleiros, como empresa estratégica para a região e para o País e a garantia dos postos de trabalho.

 

Mais... ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO - SIM À VIABILIZAÇÃO! NÃO AO ENCERRAMENTO!

CONCENTRAÇÃO PELA LIBERDADE PARA OS PALESTINOS PRESOS POR ISRAEL - 19 DE MARÇO - SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA!

concentracao_liberdade_presos_palestinaA CGTP-IN, respondendo ao apelo do CPPC, juntou-se a um largo grupo de organizações para mais uma vez exigir a libertação dos palestinianos presos por Israel e manifestar a solidariedade de sempre com a justa causa palestiniana, irá se realizar uma concentração no dia 19 de Março pelas 18 horas no Jardim São Pedro de Alcântara, seguida de desfile até a Largo Camões. Liberdade para os palestinos presos por Israel! A morte do cidadão palestino Arafat Jaradat, ocorrida no passado dia 23 de Fevereiro nas cadeias israelitas, veio, uma vez mais, chamar a atenção da opinião pública para a situação dramática em que se encontram os prisioneiros palestinos nas prisões do Estado de Israel.

  

Mais... CONCENTRAÇÃO PELA LIBERDADE PARA OS PALESTINOS PRESOS POR ISRAEL - 19 DE MARÇO - SÃO PEDRO DE...

SOLIDARIEDADE COM A REPÚBLICA BOLIVARIANA DA VENEZUELA

cppc_venezuela_02_fev

No momento complexo que se vive, consideramos da maior importância expressar toda a solidariedade à República Bolivariana da Venezuela. Consideramos inaceitável a campanha de quem se pretende aproveitar de uma situação corajosamente enfrentada pelo Presidente Hugo Chávez para pôr em causa a dignidade e a vontade expressa em sufrágio do Povo venezuelano, a sua lei fundamental, os seus órgãos institucionais democráticos e o importante progresso social de melhoria das condições de vida da população conseguido com a Revolução Bolivariana, o seu contributo para a evolução progressista da América Latina e sua afirmação soberana.

Estamos convictos que o Povo venezuelano saberá continuar a defender o seu país, a sua revolução e a Constituição Bolivariana, aprovada em 1999, impedindo distorções na sua aplicação, continuando, em democracia, o desenvolvimento económico, social e cultural e uma política de paz e cooperação entre os povos, impedindo que aqueles que perderam as eleições tentem tomar o poder através de qualquer tipo de golpe.

Página do CPPC - Conselho Português para a Paz e Cooperação

Mais... SOLIDARIEDADE COM A REPÚBLICA BOLIVARIANA DA VENEZUELA

Está em... Home Solidariedade