GREVE DOS MÉDICOS A 10 E 11 DE MAIO

Os médicos mantêm a greve marcada para a próxima semana, quarta e quinta-feira.

Conferência de Imprensa após a conclusão da reunião entre o Ministério e os sindicatos.

LUTA NO HOSPITAL BEATRIZ ÂNGELO EM LOURES

O Conselho de Administração viola direitos dos trabalhadores. A liberdade sindical e a conciliação da actividade profissional com a vida familiar são direitos consagrados na Constituição da República Portuguesa. A Direcção do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, tem vindo de forma ilegal e pouco democrática a pressionar os trabalhadores violando estes direitos. Aos trabalhadores com filhos menores de 12 anos está a ser recusado o direito a trabalharem em horário flexível de modo a poderem acompanhar os filhos. A dirigente sindical vive sob ameaça de ser transferida de serviço se continuar a ser requisitada para actividade sindical. Os trabalhadores realizam turnos de 10 horas consecutivas, muitas vezes sozinhos quando devia haver dois ou mais trabalhadores.

Esta situação põe em causa a prestação dos cuidados aos utentes como a dignidade e qualidade exigida.

O Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas está ao lado dos trabalhadores e utentes e tudo fará para defender e exigir o cumprimento dos seus direitos.

DEBATE: "PASSADO COM FUTURO - AS LUTAS DOS ENFERMEIROS NOS ANOS 60, 70 E 80"

DEBATE: "PASSADO COM FUTURO - AS LUTAS DOS ENFERMEIROS NOS ANOS 60, 70 E 80"A Direcção Regional de Lisboa com o grupo de reformados do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, irão realizar no dia 19 de Abril, pelas 14h30, no auditório daquela instituição, um debate sob o tema ‘Passado com Futuro - As lutas dos enfermeiros nos anos 60, 70 e 80’.

Ver programa.

DEBATE - O PÚBLICO É DE TODOS, O PRIVADO É SÓ DE ALGUNS

DEBATE - O PÚBLICO É DE TODOS, O PRIVADO É SÓ DE ALGUNS Sindicatos de vários sectores promovem quinta-feira, 6 de Abril, em Lisboa, um debate sobre as privatizações sob o lema «O público é de todos, o privado é só de alguns». A iniciativa, que contará com a intervenção de representantes de trabalhadores e utentes, tem como objectivos fazer o balanço das privatizações em Portugal, analisar os avanços e recuos verificados nos diversos sectores e identificar objectivos comuns ou convergentes na luta pela gestão pública de funções e serviços essenciais. Organizado pela Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS), Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, (STAL), Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF), e a Federação de Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo (FESAHT), o debate decorrerá a partir das 14.30 horas, na sede da FESAHT (Pátio do Salema, nº 4, Lisboa).

Mais... DEBATE - O PÚBLICO É DE TODOS, O PRIVADO É SÓ DE ALGUNS

GREVE NACIONAL DOS TRABALHADORES DOS MONUMENTOS, MUSEUS, PALÁCIOS E SÍTIOS CLASSIFICADOS

GREVE NACIONAL DOS TRABALHADORES DOS MONUMENTOS, MUSEUS, PALÁCIOS E SÍTIOS CLASSIFICADOSA Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais convocou, para dias 14 e 15 de Abril - 6ª feira Santa e Sábado de Aleluia - uma Greve Nacional dos trabalhadores dos monumentos, museus, palácios e sítios arqueológicos dependentes do Ministério da Cultura.

O Ministro da Cultura continua sem dar resposta às reivindicações dos trabalhadores dos museus, palácios e sítios classificados, dependentes da Direcção-Geral do Património Cultural e das Direcções Regionais de Cultura, apresentadas há largos meses, numa clara demonstração de que este Governo tarda em romper com as políticas de recursos humanos dos anteriores governos do PS, do PSD e CDS.

Fartos de esperar, os trabalhadores exigem que sejam tomadas medidas concretas para a resolução da crónica falta de pessoal e do sistemático recurso à precariedade para satisfazer necessidades permanentes dos serviços. Exigem, igualmente, a integração nos mapas de pessoal, com contratos sem termo, de todos os trabalhadores sujeitos à precariedade.

Mais... GREVE NACIONAL DOS TRABALHADORES DOS MONUMENTOS, MUSEUS, PALÁCIOS E SÍTIOS CLASSIFICADOS

TRABALHADORES DO INEM MARCAM PROTESTO PARA 7 DE ABRIL

TRABALHADORES DO INEM MARCAM PROTESTO PARA 7 DE ABRILOs trabalhadores do INEM - Instituto Nacional de Emergência Médica vão realizar uma manifestação nacional, no dia 7 de Abril, com início junto à sede do Instituto, pelas 11.00 horas, a que se seguirá um desfile para o Ministério da Saúde. Entre outras reivindicações, exigem integrar a carreira de Técnico de Emergência Pré-Hospitalar.

O Ministério da Saúde e o Governo insistem em não repor a justiça no processo de transição dos trabalhadores das actuais carreiras em que estão inseridos para a carreira de Técnico de Emergência Pré-Hospitalar, alterando a norma do Decreto-Lei nº19/2016, de 15 de Abril.

Apesar de suficientemente alertados pela nossa Federação para o facto, quer o Ministro da Saúde, quer o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde têm feito “orelhas mocas” e não tomam qualquer iniciativa para corrigir esta gritante injustiça.

Mais... TRABALHADORES DO INEM MARCAM PROTESTO PARA 7 DE ABRIL

TÉCNICO-PROFISSIONAIS DE REINSERÇÃO SOCIAL MARCAM GREVE

TÉCNICO-PROFISSIONAIS DE REINSERÇÃO SOCIAL MARCAM GREVEOs técnico-profissionais de reinserção social, em funções no Sistema Nacional de Vigilância Electrónica e nos Centros Educativos de Menores, dependentes do Ministério da Justiça, irão estar em greve às horas extraordinárias, de 8 de Abril até 31 de Dezembro deste ano, para exigirem resposta do Governo às suas reivindicações, designadamente, o recrutamento de novos efectivos para a carreira, dando assim resposta ao grave problema da falta de pessoal. A falta crónica de pessoal nestes sectores, para além de promover problemas de segurança para os trabalhadores e deficiente operacionalidade dos serviços, provoca uma desregulação dos horários de trabalho, obrigando a cargas horas diárias de dez e mais horas, a alterações constantes no gozo dos dias de descanso e a modificações súbitas nas escalas de serviço.

Mais... TÉCNICO-PROFISSIONAIS DE REINSERÇÃO SOCIAL MARCAM GREVE

PLATAFORMA LISBOA EM DEFESA DO SNS FOI RECEBIDA PELA ADMINISTRAÇÃO DO CENTRO HOSPITALAR LISBOA CENTRAL

PLATAFORMA LISBOA EM DEFESA DO SNS FOI RECEBIDA PELA ADMINISTRAÇÃO DO CENTRO HOSPITALAR LISBOA CENTRALDepois da concentração à porta do Hospital de São José, a plataforma Lisboa em defesa do SNS foi recebida pela Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC). 

A plataforma colocou um conjunto de preocupações tais como: Qual o futuro dos hospitais que constituem o CHLC (Hospital de São José, Santa Marta, Capuchos, Curry Cabral, Dona Estefânia e a Maternidade Alfredo da Costa)? Que respostas vão ser dadas aos trabalhadores? Porque é que estão a concentrar as cirurgias no hospital Curry Cabral e os prejuízos nomeadamente para o Hospital dos Capuchos, que já transferiu alguns serviços e valências? A redução de camas e as consequências para os utentes, particularmente para as cirurgias; Que medidas estão estão a ser tomadas para fazer face à saída de profissionais?...” Não podemos esquecer que o Hospital de São José é uma escola de referência que tem contribuído para o sucesso do SNS”.

Mais... PLATAFORMA LISBOA EM DEFESA DO SNS FOI RECEBIDA PELA ADMINISTRAÇÃO DO CENTRO HOSPITALAR LISBOA...

Está em... Home Serviços Públicos