MANIFESTO EM DEFESA DAS FUNÇÕES SOCIAIS DO ESTADO VAI AO ENCONTRO DOS ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR

dfse_cidade_universitariaUm grupo de trabalho composto pela União dos Sindicatos de Lisboa o SPGL, CESP, STAL e o SINTAB estiveram hoje, dia 21 de Fevereiro, junto à Cantina da Cidade Universitária com o intuito de dar a conhecer aos estudantes da Universidade de Lisboa o Manifesto em Defesa das Funções Sociais do Estado, para o qual a CGTP-IN têm vindo a recolher um grande número de assinaturas junto dos trabalhadores, da juventude, reformados e pensionistas bem como das populações.

Porque a Educação Pública e Democrática, conquista do povo português na revolução de Abril, é um dos três eixos fundamentais sob os quais assentam as Funções Sociais do Estado o que o Governo PSD/CDS está a pôr em causa é, através da política de austeridade e com o pretexto de não haver dinheiro para o Estado as suportar, reduzir o acesso a este pilar fundamental de qualquer sociedade.

A Educação tem de ser garantida e gerida pelo Estado, e tendencionalmente gratuita como consagra a Constituição, tal não acontecendo além de por em causa a Escola Pública e Democrática de Abril, irá elitizar o ensino empurrando um grande número de jovens para determinadas profissões condicionando o seu acesso ao ensino superior. Elitizar o ensino irá prejudicar a formação global do indivíduo e impedirá que os filhos das famílias com menos condições económicas possam prolongar os seus estudos.

Assina aqui a Petição em Defesa das Funções Sociais do Estado.

Está em... Home Políticas Sociais MANIFESTO EM DEFESA DAS FUNÇÕES SOCIAIS DO ESTADO VAI AO ENCONTRO DOS ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR