A INTERJOVEM / LISBOA MANIFESTOU-SE CONTRA O DESEMPREGO

capa_marcha_ij_contra_desempregoCerca de uma centena de trabalhadores de vários sindicatos e jovens trabalhadores desempregados percorreram vários locais de trabalho, iniciando a marcha contra o desemprego no El Corte Inglés com a denuncia da tentativa de despedimento de 300 trabalhadores, com passagem pela maternidade Alfredo da costa onde a falta de enfermeiros se faz sentir de forma bastante gravosa, à imagem de todo o sector da saúde. Depois a marcha seguiu até ao Call Center da Tempo-Team, empresa que presta serviços exclusivamente para a EDP, e onde em Março de 2010 mais de 600 trabalhadores passaram efetivos pela luta e organizados nos seus sindicatos, a marcha passou ainda pela 4ª companhia do Regimento Sapadores de Bombeiros onde a greve deste sector garantiu a vitória e a manutenção dos 4 turnos. O fim da marcha passou pelo call-center da Teleperformance com a denuncia de precariedade que há naquele local de trabalho e o final no Centro de emprego do Conde Redondo com a denuncia de mais de 35 mil jovens desempregados no distrito de Lisboa.
A marcha teve ainda um crescendo, com trabalhadores que saindo dos locais de trabalho foram integrando a iniciativa que foi ainda de mobilização para a manifestação nacional de 11 de Fevereiro, que sai dos Restauradores em direcção ao Terreiro do Paço, e de afirmação do XII congresso da CGTP-IN.

Ouvir entrevista de João Barreiros à Antena 1

CONTRA O DESEMPREGO, NÃO FIQUES PARADO! MARCHA PELO TRABALHO COM DIREITOS

cartazete_ij_25_janQueremos e temos direito ao trabalho, por nós e pelo país! Somos jovens, queremos trabalho, exigimos direitos! Os jovens tem direito a ter um trabalho estável, com horários dignos e remuneração justa. Nem a precariedade, nem os estágios não remunerados, nem a emigração são soluções para um Portugal mais justo e soberano.
Na continuidade da luta contra o desemprego e da rejeição do aumento do horário de trabalho, que vai atirar milhares de jovens trabalhadores para o desemprego, a
Interjovem/Lisboa irá realizar uma Marcha pelo trabalho com direitos no dia 25 de Janeiro, com saída pelas 13 horas junto ao El Corte Inglès (no cruzamento entre a Av. António Augusto de Aguiar e a Rua Marquês de Fronteira), que irá terminar no Centro de Emprego do Conde Redondo. NÃO FIQUES PARADO, MARCHA PELO TRABALHO COM DIREITOS!

Ler documento da Marcha

Descarregar Cartaz da Marcha

MAIS DE 4 MIL REFORMADOS NA RUA CONTRA A POLITICA DE AGRESSÃO DO GOVERNO!

reformados_manif_nacional

A Inter-Reformados/CGTP e o MURPI realizaram no dia 10 de Dezembro uma manifestação Nacional, que contou com a participação de mais de 4 mil reformados e pensionistas.
Desfilaram da Praça do Comercio até à Praça da Figueira, entoando cânticos de natal adaptados à situação social, "E natal, E natal. Não vamos parar. Contra o roubo das pensões . Nós vamos lutar.
Os reformados deram expressão à revolta contra a politica de agressão do Governo PSD/CDS/TROIKA que tem contribuído para o empobrecimento de milhares de reformados com o congelamento e redução das pensões, com a retirada de 50% do Subsidio de natal deste ano a todos os reformados com pensões acima de 600€. O aumento dos preços de produtos essenciais, a retirada de descontos nos transportes coletivos.
Esta Iniciativa contou com intervenções de Fátima Canavezes Coordenadora da IR/CGTP e de Esperança Martins da Comissão de reformados SINTAF, José Inácio Revés do STAL e Casimiro Menezes presidente do MURPI.

Mais... MAIS DE 4 MIL REFORMADOS NA RUA CONTRA A POLITICA DE AGRESSÃO DO GOVERNO!

INTERJOVEM MOBILIZA PARA A GREVE GERAL DE 24 DE NOVEMBRO!

ij_mobiliza_ggA Interjovem/Lisboa desenvolveu hoje uma acção de mobilização dos jovens trabalhadores no Call Center da PT (Afonso Costa – Areeiro) e no Centro Comercial Vasco da Gama. Nestes dois locais de trabalho houve uma grande aceitação do documento, e a denuncia por parte dos trabalhadores de problemas concretos. Esta acção, inserida no trabalho diário que a Interjovem/Lisboa desenvolve junto dos jovens trabalhadores, serviu também de mobilização para a Greve Geral de 24 de Novembro, onde os jovens irão dar uma resposta à altura da ofensiva que lhes está imposta.
A Precariedade, os baixos salários e o desemprego que querem continuar a impor aos jovens, aliado ao aumento do horário laboral, da diminuição do pagamento das horas extraordinárias, do aumento do custo de vida, vão ter uma forte resposta da juventude e esse sentimento foi hoje sentido durante as duas acções.

INTERJOVEM ENTREGA 3000 POSTAIS CONTRA A PRECARIEDADE E O DESEMPREGO COM CONCENTRAÇÃO NO LARGO CAMÕES

ij_entrega_postaisDurante pouco mais de 3 semanas, nos locais de trabalho, a interjovem/USL junto com os sindicatos, recolheu mais de 3000 postais contra a precariedade e o desemprego. Hoje, numa concentração com mais de 70 Jovens trabalhadores, a Interjovem/USL entregou os 3000 postais no Ministério da Economia e do Emprego, afirmando que no próximo dia 23 de Setembro, na discussão da petição da precariedade que reuniu mais de 20000 assinaturas, o Governo tem a hipótese de dar resposta a este flagelo e resolver os problemas de precariedade e desemprego que tocam os jovens trabalhadores. A interjovem apela ainda a que todos os jovens que assinaram os postais bem como a todos os que contribuíram com as 20000 assinaturas na petição, participem na grande manifestação da CGTP-IN do próximo dia 1 de Outubro.

Ver fotos da iniciativa.

ACÇÃO NACIONAL DE LUTA DESCENTRALIZADA DA INTERJOVEM

nao_despedimentos_ijA Interjovem-Lisboa vai realizar, no dia 16 de Setembro pelas 14 horas, no Largo Camões, uma iniciativa contra a lei dos despedimentos. A organização de jovens trablhadores da CGTP-IN, “não aceita que os lucros de uns quantos patrões sejam conseguidos pelo despedimento de muitos milhares de trabalhadores”.

Esta acção culmina com a entrega de postais pelas 17h00 no Ministério da Economia e do Emprego.

MUITAS CENTENAS DE JOVENS NO PIC-NIC CONTRA A PRECARIEDADE

capa_pic_nicForam muitos os jovens que aceitaram o convite da Interjovem e compareceram num sábado de calor ao Pic-nic contra a Precariedade. Em tom de festa e com muita garra para a luta, afirmou-se a urgência em terminar com a precariedade e a vontade da juventude em tomar nas suas mãos os destinos das suas vidas. Numa iniciativa da Interjovem/CGTP-IN ao qual se juntou a JOC, a ABIC e o M12M, houve mesas redondas, debate, musica, festa e muita luta. Na mesa redonda da Interjovem foram muitos os jovens que participaram e afirmaram a luta organizada como o caminho para a conquista de direitos, no debate da tarde Tiago Cunha e Lucia Gomes desmistificaram muitas questões relacionadas com a precariedade e as centenas de jovens que se encontraram naquele pic-nic reafirmaram a necessidade de se terminar com a Precariedade e dar aos jovens a estabilidade necessária para que a juventude possa ter um futuro em vista. No final, e entre os concertos de Chullage, Nó e Peste e Sida foi lida a carta Aberta que afirma a continuação da luta. Dia 14 a Interjovem/Lisboa estará também na Concentração no Largo de Santos afirmando mais uma vez que a Juventude está na luta.

Ver Galeria de Fotos do Pic-Nic e o vídeo da iniciativa aqui.

ASSUME NAS TUAS MÃOS OS DESTINOS DA TUA VIDA! PARTICIPA NO PIC-NIC CONTRA A PRECARIEDADE!

cartaz_pic_nic_152No dia 9 de Julho, Sábado, no 
Parque Eduardo VII em Lisboa, 

vamos discutir a nossa situação laboral, a precariedade, o desemprego, os baixos salários, o emprego sem direitos, a instabilidade familiar.
Vamos debater para apontar novos rumos e alternativas, vamos continuar a dizer não a este caminho de destruição do nosso presente e que hipoteca o futuro do país! Vamos pró debate, convívio, cultura, mas acima de tudo vamos prá luta.
Porque não aceitamos a precariedade e a instabilidade, Porque queremos trabalhar, Porque os cortes no abono de família são um roubo, Porque as "ajudas" do FMI/UE/BCE vão levar o país à miséria, Porque não aguentamos mais subidas das prestações na habitação, Porque é possível, urgente e necessário outro rumo para o país. Dia 9 de Julho estamos mais uma vez na rua, pelo emprego e por direitos!
Vamos participar e levar mais gente!

GRANDE ACAMPAMENTO NACIONAL EM DEFESA DA CONSTITUIÇÃO - 22, 23 E 24 DE JULHO - AVIS

acampamento_paz_avisA Plataforma dos 35 anos da Constituição, da qual a Interjovem/USL e perto de três dezenas de associações fazem parte, marcou para os dias 22 ,23 e 24 de Julho em Avis um grande acampamento nacional em defesa da constituição. O acampamento tem como objectivos juntar jovens de todo o país e potenciar um momento de aprendizagem e de carácter lúdico, onde os jovens se possam debruçar sobre as questões que os preocupam.
Irá contar com actividades de lazer directamente ligadas aos direitos consagrados na Constituição da República Portuguesa e que os jovens têm cada vez mais dificuldade de ver efectivados. O acampamento irá garantir acesso a cultura e desporto, bem como irá propiciar momentos de reflexão e discussão sobre o ambiente e a paz. Será um importante momento de afirmação da plataforma e dos direitos da Constituição da República e contará, certamente com uma grande adesão de juventude!

Está em... Home Organizações