DIA 20 DE JULHO - TRIBUNA PÚBLICA NO AEROPORTO - COM A PRECARIEDADE NÃO CHEGAMOS A LADO NENHUM

  • Imprimir

DIA 20 DE JULHO - TRIBUNA PÚBLICA NO AEROPORTO - COM A PRECARIEDADE NÃO CHEGAMOS A LADO NENHUMO Aeroporto de Lisboa é o maior local de trabalho da área metropolitana de Lisboa, aqui trabalham milhares de trabalhadores de diferentes sectores de actividade: do handling, do comercio, da hotelaria, dos correios, do transporte rodoviário, dos bombeiros da vigilância e da limpeza. Neste local de trabalho travam-se diariamente importantes lutas contra a exploração e a precariedade laboral. 

Uma grande parte dos trabalhadores ganham cerca de 530€, com contratos precários, os mesmos trabalhadores que despacham as malas e tratam da segurança de todos os passageiros. A realização desta tribuna pública, no dia 20 de Julho entre as 10 e as 14 horas, servirá para denunciar a precariedade vivida neste local de trabalho. Servirá também para informar todos os utilizadores do aeroporto da realidade vivida por quem lá trabalha. Esta Tribuna Pública é inserida na campanha nacional da CGTP-IN contra a precariedade.

 

No aeroporto há quem trabalhe 10 a 12 horas por dia. Grande parte dos trabalhadores têm que utilizar viatura própria para se deslocarem casa-trabalho-casa, porque há períodos sem transportes públicos e não podem estacionar gratuitamente nos parques da empresa. 

Sabia que: A CARRISTUR , quanto aos salários considera-se empresa publica para não aumentar os trabalhadores, ao nível  dos direitos considera-se privada para não aplicar normas mais favoráveis;

Sabia que: 80% dos trabalhadores no aeroporto não conseguem ter férias no verão e no Natal!

Sabia que: há mães e pais que não conseguem ver os filhos durante 4 dias devido aos seus horários;

Sabia que: há trabalhadores que não têm um fim-de-semana por mês para estar com a família e os amigos;

Sabia que: há entidades patronais que não pagam subsídio de línguas e exigem do trabalhador conhecimento e simpatia!

PRECARIEDADE NO TRABALHO É INSTABILIDADE NA VIDA!

UM NOVO RUMO PARA PORTUGAL, 

PASSA PELA CRIAÇÃO DE EMPREGO COM DIREITOS!

Exigimos uma mudança de politica centrada na valorização do trabalho e na dignificação dos trabalhadores. É urgente:

- O aumento geral dos salários e do SMN para os 600€;

- O Combate à precariedade Laboral – a cada posto de trabalho permanente, deve corresponder um vínculo de trabalho efectivo.

- Reduzir o horário de trabalho para as 35h00 para todos.

- Pôr fim à desregulamentação dos horários de trabalho de forma a conciliar o trabalho com a vida pessoal e familiar; 

- Pelo direito à contratação colectiva e o principio do tratamento mais favorável ao trabalhador.

ESTAR SINDICALIZADO NOS SINDICATOS DA CGTP É DAR MAIS FORÇA À LUTA DOS TRABALHADORES!