VIGÍLIA DE GUARDAS-FLORESTAIS DO SEPNA/GNR E DO PARQUE FLORESTAL DE MONSANTO

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS) promove no dia 28 de Julho, entre as 11.00h e as 14.00 horas, uma vigília de dirigentes e de activistas sindicais de guardas-florestais do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente e do Parque Florestal de Monsanto, junto ao Ministério da Administração Interna, no Terreiro do Paço, em Lisboa.

Esta acção de luta tem por objectivo, exigir da Ministra da Administração Interna a abertura de negociações com a FNSTFPS, para a revogação da norma legal que extingue a carreira de Guarda-Florestal à medida que os lugares no mapa de pessoal civil da GNR forem vagando e para a atribuição dos suplementos pelo exercício de funções da carreira de guarda-florestal, pelo trabalho em equipa de protecção florestal e abono para falhas.

Aos dirigentes e activistas sindicais do SEPNA/GNR, irão juntar-se os do Corpo da Guarda-Florestal do Parque Florestal de Monsanto que, presentemente, lutam pela manutenção do seu estatuto de Guardas-Florestais, profundamente desvalorizado pela Câmara Municipal de Lisboa, que procura transformar estes trabalhadores numa mera polícia administrativa quando, actualmente, os mesmos têm a natureza de órgão de polícia criminal.

Está em... Home Acção Reivindicativa VIGÍLIA DE GUARDAS-FLORESTAIS DO SEPNA/GNR E DO PARQUE FLORESTAL DE MONSANTO