TRABALHADORES DOS HOTÉIS DE LISBOA EM GREVE NO SÁBADO

Os patrões dos hotéis e a sua associação patronal a AHP-Associação de Hotelaria de Portugal querem levar à caducidade o Contrato Colectivo de Trabalho, denuncia o Sindicato dos Trabalhadores da Hotelaria do Sul que marcou uma greve para o próximo sábado, dia 3 de Junho, e uma concentração de protesto, a partir das 10 horas, junto ao Hotel Tivoli, na Avenida Liberdade, em Lisboa.

O sindicato alerta para as consequências da caducidade do Contrato Colectivo nos direitos dos trabalhadores, nomeadamente, a implementação do banco de horas, a redução para 50 por cento do valor pago pelo trabalho nos feriados, o fim dos dois dias de folga obrigatórios e a eliminação feriado de terça-feira de Carnaval e do prémio de línguas, etc.

Para o sindicato “nada justifica este comportamento dos patrões, quando nos últimos tempos muitas têm sido as declarações de patrões e responsáveis governamentais acerca dos recordes no sector do turismo Português relativos ao número de hóspedes, de dormidas e de proveitos.”

“Infelizmente, nem patrões nem Governo falam dos recordes da precariedade e dos baixos salários no sector do turismo”, conclui o sindicato.

Está em... Home Acção Reivindicativa TRABALHADORES DOS HOTÉIS DE LISBOA EM GREVE NO SÁBADO