TRABALHADORES DA VIGILÂNCIA-RECEPÇÃO EM GREVE AO TRABALHO EXTRAORDINÁRIO NA NOITE EUROPEIA DOS MUSEUS

  • Imprimir

Os trabalhadores da vigilância-recepção dos museus, palácios e sítios arqueológicos vão estar em greve às horas extraordinárias e ao trabalho prestado fora do período normal de trabalho, no próximo dia 20 de Maio, por ocasião da Noite Europeia dos Museus.

Esta greve, convocada pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, visa exigir do Governo o fim de precariedade e o pagamento do trabalho extraordinário de forma condigna. Trabalham sábados, domingos e feriados e, agora, em nome dos festejos, estão a ser notificados para trabalhar das 10.00 às 24.00 horas,

A persistente falta de pessoal, há anos denunciada, tem agravado as condições de trabalho nos museus, palácios e sítios arqueológicos.

Assim, no próximo sábado, dia 20 de Maio, após terminarem a respectiva jornada jornada de trabalho normal, irão entrar em greve.