ADMINISTRAÇÃO LOCAL SAI À RUA A 21 DE ABRIL

  • Imprimir

ADMINISTRAÇÃO LOCAL SAI À RUA A 21 DE ABRIL Os trabalhadores da Administração Local manifestam-se, no próximo dia 21, às 14 horas, em Lisboa, para exigir aumentos salariais, o descongelamento das carreiras, a regulamentação de suplementos e a regularização dos vínculos precários. A concentração nacional terá lugar no Rossio, juntando trabalhadores de todas as regiões do país, e terminará com uma manifestação para o Ministério das Finanças.

 

Objectivos do protesto.

Entre as principais reivindicações apresentadas pelo STAL destacam-se:

• O aumento geral dos salários, actualizando o poder de compra perdido nos últimos anos;

• O descongelamento das progressões e o direito à contratação colectiva em todo o universo de entidades da Administração Local;

• A recuperação das profissões, com negociação de uma nova estrutura de carreiras para a Administração Local e a regulamentação dos suplementos de insalubridade, penosidade e risco e de disponibilidade;

• A regularização de todas as formas de precariedade, fazendo corresponder a ocupação de um posto de trabalho permanente ou funções executadas de acordo com um dado horário de trabalho e submetidos a uma dada hierarquia, a um vínculo efectivo;

• O alargamento dos mapas de pessoal e a abertura de procedimentos concursais ajustados às necessidades reais de prestação dos serviços públicos;

• A melhoria das condições de trabalho, assegurando ambientes de trabalho seguros e saudáveis;

• A reposição da forma de cálculo das pensões e das condições gerais para aposentação com 36 anos completos de serviço, independentemente da idade e a revogação dos factores de penalização anual (6%) e de sustentabilidade (13,88%).